5 Hábitos de pessoas financeiramente inteligentes

Olá meus queridos leitores! Hoje quero compartilhar convosco 5 hábitos que pessoas financeiramente inteligentes têm. Mas, o que é uma pessoa com inteligência financeira? É resumidamente alguém que tem domínio sobre suas finanças e não vive de sufoco em sufoco.

Então, se você quer se tornar uma das pessoas financeiramente inteligentes, leia este artigo até ao fim!

#1 Planeamento

Já devem estar a pensar, lá vem ela de novo com a mesma ladainha. Hahahah, verdade!

A questão é que ninguém chega a lugar nenhum sem saber aonde vai. Pessoas com inteligência financeira planeiam sempre. Elas sabem o que fazer e não fazer com o seu dinheiro muito antes dele necessariamente chegar. Na verdade elas têm um plano de vida! E trabalham com base no planeado.

Planeando, a pessoa valoriza o seu dinheiro e o trabalho que ele custou.

#2 Poupança

Uma pessoa financeiramente inteligente sabe que o futuro é incerto, mas não deixa de se preparar para as incertezas. Ela reconhece o valor do autocontrolo para poupar. Esse hábito está intimamente ligado ao planeamento.

Eu já escrevi sobre poupança e fundo de emergência nesse artigo aqui, clique no link e leia para ter mais detalhes, caso não se lembre ou nunca tenha lido antes.

#3 Saber alinhar as vontades à sua realidade

Conhecem aquele momento em que a pessoa vai fazer compras com um valor em mente, e do nada percebe que se excedeu? Alguns chegam a culpar o tal “ambiente do supermercado”, quando na verdade, tudo deve-se a incapacidade de separar o necessário do supérfluo.

“A indústria” tem o hábito de nos fazer pensar o quanto precisamos de certas coisas que não mudam nada nas nossas vidas, pura alimentação da vaidade. Um exemplo muito claro são os lançamentos sobrecarregados de celulares. A cada ano trazem inovações nada úteis, que apenas alimentam o ego. Elas gritam aos nossos corações o quanto estaremos ou viveremos melhor com elas.

Pessoas inteligentes sabem olhar para as suas necessidades e ajustar à realidade financeira. Elas fazem seus planos baseados na sua renda, dando sempre prioridade ao que realmente importa.

Para mim, enquanto eu não tiver pelo menos 100 milhões de meticais de sobra na conta, perseguir moda estará fora de questão. Como dizem os brasileiros “dane-se” o que as pessoas definem como elementos para atribuir valor a alguém ou não.

#4 Aprender a arte de colocar a mão na massa

Pessoas que valorizam seu dinheiro aprendem a deixar a preguiça e colocar a mão na massa para fazer certas coisas que não demandam muito profissionalismo ou especialização. O que isso quer dizer?

Existem certas tarefas que nós só não realizamos por pura preguiça. As vezes a pessoa não sabe e nem faz questão de aprender, noutras ela até sabe mas, enfim… Nós poderíamos economizar rios de dinheiro se deixássemos de lado a preguiça e colocando a mão na massa.

Eu por exemplo, gosto de aprender a fazer coisas a todo momento. Eu aprendi a fazer granola caseira por que comprar a industrializada é praticamente um assalto a mão desarmada. Olhe a sua volta, quanto dinheiro tem gasto com coisas que poderia fazer? Sabia que, em outros países, é quase raro contratar alguém para paredes internas da casa, furar a parede, arranjar a mesa, montar um armário, entre outras coisas que podem ser feitas por um cidadão comum, desde que ele se empenhe em aprender.

Uma pessoa com inteligência financeira sabe dar valor às coisas simples da vida e quanto mais puder aprender a fazer por si mesmo, melhor.

A ideia não é parar de contratar serviços, mas contratar apenas o necessário.

#5 Busca por mais informação e conhecimento

O mundo está em constante mudança, assim como o planeta gira. É dia de um lado, é noite do outro e depois o contrário. É importante manter-se ligado às novas descobertas ou tendências da área financeira, de modo a conseguir usar melhor seu dinheiro como um bom servo que ele é, não o deixando ser seu patrão.

E aqui vai mais um hábito dentro do hábito. Pessoas financeiramente inteligentes tratam o dinheiro como servo e não patrão. O dinheiro ou suas riquezas em geral não ditam sua vida.

Siga pessoas que estudam e divulgam coisas relacionadas a esta área – sem querer ser tendenciosa, eu tenho estado a produzir esse tipo de conteúdo e caso não queira perder nenhuma novidade, continue até ao fim da página e subscreva-se! A ideia é não ficar parado no quesito conhecimento.  Há sempre coisas novas por se aprender.

Então pessoal, estes são os 5 hábitos de pessoas financeiramente inteligentes que podiam ser apresentados hoje, pois tem muito mais por se aprender ainda. No próximo artigo, falarei sobre como pessoas financeiramente inteligentes fazem compras.  Não vai querer perder esse conteúdo ne? Então subscreva-se e seja o primeiro a saber das novidades por aqui.

Resumindo:

Pessoas financeiramente inteligentes têm o hábito de planear e definir metas com muito foco. Elas não se transformam em marionetas da indústria, evitando a todo custo comprar coisas desnecessárias só para “não ficar de fora”. Elas conhecem a sua realidade, apreciam coisas simples e não tem preguiça de meter a mão em certas áreas, de modo a poupar mais dinheiro.

Pessoas financeiramente inteligentes sabem aproveitar o presente, pensando no futuro.

Espero ter sido útil. Abraços! Deus vos abençoe!

Você pode também gostar de:

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *